Causas do Autismo

“O autismo não é um transtorno com uma causa, mas um grupo de transtornos relacionados com muitas causas diferentes” Autismo: Manual para as Famílias).

Os estudos sugerem uma herdabilidade muito alta como umas das causas do autismo, mais ainda quando se considera a presença de traços do espectro autista. Embora genético, parece não existir um único gene que determina o autismo, e sim uma interação entre múltiplos genes. Isto é, uma família pode ter um indivíduo com autismo e outros apenas com um atraso de linguagem, outros com interesses restritos, etc.

Como pode ser visto no Autismo: Manual para as Famílias, grande parte das pesquisas atuais tenta descobrir como os fatores genéticos e ambientais contribuem para as causas do autismo. Apesar de alguns fatores genéticos terem sido identificados, sugere-se que esses genes em interação com os fatores ambientais possam desencadear a doença. Vários fatores ambientais foram associados ao autismo, como exposição fetal ao vírus da rubéola, bebidas alcoólicas, substâncias abortivas, como o misoprostol e ao ácido valproico.

“Cerca de 10 a 15% das causas do autismo tem uma causa genética específica e identificável, como Síndrome do X Frágil, Esclerose Tuberosa e Síndrome de Angelman” (Autismo: Manual para as Famílias).